Vamos tirar do papel essa viagem?

Fizemos um passo a passo apontando as principais etapas para te ajudar na elaboração do seu planejamento de viagem!

Organizar uma viagem [email protected] não é uma tarefa nada fácil, isso porque requer muita dedicação e pesquisa sobre seu próximo destino. Saber mais sobre o local, a cultura, o clima, a comida, a hospedagem, a cia aérea, os meios de transporte e sobre o seu orçamento são primordiais para que saia tudo dentro dos conformes!

Todo o esforço é recompensado quando você percebe que sua viagem saiu exatamente como planejou (melhor ainda quando supera!). Então, para isso, é fundamental saber planejar!

Quer começar a planejar a viagem dos sonhos, mas ainda não sabe por onde começar? Elaboramos a seguir as principais etapas para facilitar o seu planejamento, e tirar do papel a viagem tão esperada, vamos nessa?!

1 - Defina o destino de sua viagem

Claro que a escolha do destino precisa ser o primeiro passo, mas entendemos que nem sempre é fácil escolher! Por isso, é muito importante que você saiba o que realmente desperta a sua vontade, o seu sonho! Mas como consigo descobrir o meu próximo destino, se muitos lugares despertam o meu interesse?

É essencial que você saiba o seu perfil de viajante e o estilo de viagem que pretende fazer! Além disso, você pode optar por algum destino que esteja em alta ou alguma recomendação de [email protected] que despertou o seu interesse por determinado lugar.

Agora, se você está na dúvida entre alguns destinos que possuem características parecidas, e precisa escolher apenas um, iremos dar um exemplo para tentar te ajudar!

Vamos supor que você é uma pessoa que gosta de praia, mas está [email protected] se quer ir à Tailândia ou às Maldivas, então precisará levar em consideração alguns fatores, como: perfil do viajante, estilo e objetivo de viagem, duração/ tempo e orçamento.

  • As Maldivas são muito procuradas por conta de seus resorts e hotéis de alto luxo (muitos localizados em ilhas privativas). Já a Tailândia, recebe diversos perfis de turistas, pois conta com mais diversificação de hospedagens, contando com hostels, pousadas e hotéis de luxo. Então aqui, você precisará analisar o seu orçamento.

  • Uma viagem de sete dias é o suficiente para conhecer as Maldivas e relaxar. Já na Tailândia, geralmente, os turistas vão com uma mentalidade aventureira, ou seja, sempre estão desbravando uma nova ilha, uma nova cidade ou até mesmo outros países vizinhos – então já dá para perceber que sete dias são insuficientes (indicamos pelo menos 20 dias no Sudeste asiático). Por isso é importante você saber o seu perfil!

  • Além disso, saber o que mais te atrai numa viagem, ou até mesmo na sua vida, é imprescindível para decidir o destino. Tendo em vista que ambos os destinos do exemplo são paradisíacos, você precisa saber de suas preferências, como: gosta um lugar mais cultural e histórico? Indicaríamos a Tailândia; ou então está a procura de algo a dois, para relaxar e se desconectar do mundo? Neste caso aconselharia as Maldivas! Está começando a entender?!

2. Elabore o seu roteiro personalizado

Após a escolha do seu destino, é hora de pesquisar bastante sobre o que ele tem a te oferecer. Pesquise os mínimos detalhes para deixar o seu roteiro bem completo, sem deixar de lado as principais atrações turísticas do local. Antes de sair incluindo vários lugares, é importante organizá-los em duas listas: a primeira com os principais pontos turísticos e a segunda com os lugares interessantes próximos destes.

Essa organização é fundamental para você desfrutar melhor a viagem!

Organizou? Então agora crie um cronograma para cada dia da viagem com todos os detalhes, sempre visando otimizar seu tempo e enriquecendo ainda mais sua experiência no lugar que estará visitando.

Nesta hora, é importante a ajuda do Google Maps e de outros aplicativos de transporte local para te auxiliarem no planejamento do seu deslocamento. Analise a opção de alugar um carro e faça a cotação: pois há casos que é mais vantajoso esta opção.  Recomendamos utilizar a RentCars .

Atenção ao pesquisar: nem sempre uma avaliação negativa do lugar, quer dizer que o mesmo não seja indicado para sua visitação. Cada pessoa possui seu ponto de vista, não é mesmo?! Já passamos por isso: o ponto turístico era mal avaliado, mas conseguimos enxergá-lo sob outra ótica ou até mesmo sermos surpreendidos! Então, avalie muitos comentários e veja as fotos, para que você possa ter certeza de incluí-lo ou não no seu roteiro.

3. Escolha a data da sua viagem

Conhecer bem o seu destino te ajudará nesta etapa. Busque saber qual o melhor período para visitar o lugar que você escolheu, assim você não correrá o risco de ser [email protected] com excesso de calor, mansões d’água ou até furacões – evitando, assim, desgastes, imprevistos e até mesmo frustrações!

Outro ponto é ficar [email protected] nas promoções de passagens aéreas e de hotéis. Mas atenção com as ciladas de algumas promoções e acabar viajando num período nada aconselhável! Para busca de promoções de passagens, utilizamos o buscador Viajanet .

Considere também que períodos de alta temporada e de férias costumam ser mais caros e com mais pessoas visitando o local. Então sempre é bom já ir preparado para enfrentar filas ou lotações!

4. Reserve a sua hospedagem

Se lembra do primeiro passo? A análise do perfil do viajante e do estilo de viagem é de suma importância para determinar o tipo de hospedagem. Há diversas opções de hospedagem: couchSurfing, albergues, aluguel de apartamento ou quarto, pousadas, hotéis, resorts entre outros – muito importante, aqui, é ter ideia do quanto você tem disponível para gastar!

Outro ponto é escolher a sua estadia em locais com fácil acesso ao transporte público ou às atrações que deseja conhecer.

Atenção: veja os comentários de outros viajantes sobre a hospedagem, pois as fotos costumam enganar. Além disso, nem sempre a região central é a melhor opção!

Há diversos buscadores de hotéis e aplicativos de hospedagens para você pesquisar. Sempre utilizamos o Booking ou Airbnb!

5. Defina os restaurantes e a gastronomia local

Lembre-se: Quanto mais informações no seu planejamento de viagem, é melhor! Então, inclua no seu roteiro os restaurantes que gostaria de conhecer, aproveitando sempre as proximidades do local que estará visitando.

Caso não tenha algum lugar específico para comer, pesquise alguns lugares que agradem o seu paladar e fique [email protected] nas recomendações!

Novamente, é importante saber o seu orçamento! A depender do restaurante, um prato de comida poderá sair mais caro que sua hospedagem, rs.

Além disso, sempre que conhecemos algum lugar diferente, gostamos de saber o que o seu povo costuma comer! Então é bacana conhecer a gastronomia local e experimentar um dos seus pratos típicos, pois a imersão cultural é ainda maior.

6. Contrate um seguro viagem

Viajar é muito bom, não é mesmo? Viajar e poder curtir sem preocupação é melhor ainda. Por isso, é importante contratar um seguro viagem! Ainda mais se a sua viagem inclui um destino internacional, não ouse em economizar no seguro, tá bem?!

Além de assistência médica, é possível receber indenizações em caso de extravio de bagagem. Para isso, aconselhamos sempre analisar a cobertura do seguro que você estará contratando para evitar surpresas futuras.

Para isso, sempre utilizamos o comparador de seguros: Seguros Promo.

7. Não esqueça de levar alguns itens necessários

O uso do celular com internet facilita demasiadamente o viajante, seja para utilização de mapas, chamar um transporte privado, mudar de hotel (em caso de imprevisto). Não preciso nem dizer que em nossas viagens para fora nunca deixamos de levar nosso chip internacional com plano de dados incluído. Sempre utilizamos a EasySim4U, que está presente em mais de 165 países.

Levar a roupa adequada para a sua viagem é outro fator importante para evitar perrengues: passando muito calor ou frio. Se estiver indo para um local de muito frio, já leve consigo a roupa adequada, não espere para comprar no local! Na hora de comprar a passagem, leve em consideração a questão da bagagem, pois neste caso, possivelmente você precisará de uma mala para despachar devido às roupas e calçados pesados.

Para finalizar, não esqueça de levar alguns itens de higiene e cuidados pessoais como escova de dentes, pasta, sabonete, desodorante, protetor solar e/ou repelente. Além disso, não esqueça de levar seus remédios básicos e/ou de uso contínuo.

O shampoo e condicionador, geralmente, compramos no local, se a viagem for internacional, devido ao limite de 100 ml por embalagem na bagagem de mão.

E aí, dá um trabalhão planejar uma viagem, não é mesmo? Caso você não tenha tempo ou algum receio de montar o seu roteiro, conte conosco para elaborá-lo.

Possuímos expertise em elaborar roteiros totalmente personalizados, e transformar viagens em sonhos!

Open chat
1
Olá, podemos te ajudar?